Home » Arquitetura, CAU/BR, Conteúdo, Notícias, Notícias Recentes » 31 de Julho: Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista

31 de Julho: Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista

CAU Brasil homenageia pioneiras e pesquisadoras arquitetas e urbanistas

 

Dia da Mulher Arquiteta

 

Em comemoração ao Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista, celebrado no dia 31 de julho, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil) destaca neste ano mulheres arquitetas que foram foco de pesquisas e que tiveram contribuições profissionais em diversas localidades do Brasil e, também, suas pesquisadoras, mulheres arquitetas e urbanistas que dedicaram seus estudos em prol da Arquitetura e Urbanismo do país.

O Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista foi definido durante a 11ª Plenária Extraordinária, em agosto de 2020, para homenagear um público majoritário: as mulheres. Esse compromisso também foi reforçado com a criação da Comissão Temporária de Política para a Equidade de Gênero (CTPEG). Essas decisões foram adotadas após a divulgação do 1º Diagnóstico de Gênero na Arquitetura e Urbanismo, que apontou inúmeras desigualdades entre arquitetas e arquitetos em diversas áreas.

As mulheres são 64,55% dos 212 mil profissionais registrados no CAU, de acordo com o II Censo das Arquitetas e Arquitetos e Urbanistas do Brasil realizado pelo Conselho, em 2022. Apesar disso, nem sempre elas encontram as mesmas condições de acesso, exercício, permanência e ascensão no campo da Arquitetura e Urbanismo.

Com a inclusão da data no calendário oficial, o CAU Brasil procura fomentar o debate sobre as assimetrias entre mulheres e homens na Arquitetura e também na sociedade. Saiba mais: Mulheres na Arquitetura e nas Cidades.

 

A política do CAU Brasil para a Equidade de Gênero compreende diretrizes a serem implementadas em várias esferas e escalas, organizadas em seis eixos:

  1. Equidade no COTIDIANO da Arquitetura e Urbanismo;
  2. Equidade na HISTÓRIA da Arquitetura e Urbanismo;
  3. Equidade na FORMAÇÃO em Arquitetura e Urbanismo;
  4. Equidade na PRÁTICA em Arquitetura e Urbanismo;
  5. Equidade na POLÍTICA da Arquitetura e Urbanismo;
  6. Equidade no CONSELHO de Arquitetura e Urbanismo.

 

ACESSE A ÍNTEGRA DA POLÍTICA DO CAU PARA A EQUIDADE DE GÊNERO.

 

Em maio, durante a programação do Maio da Arquitetura, evento promovido pelo CAU, aconteceu em São Paulo, o I Seminário da Diversidade. Na ocasião aconteceu o lançamento da Carta pela Equidade e Diversidade no cotidiano e no Conselho da Arquitetura e Urbanismo. O documento apresenta onze ações afirmativas que procuram a equidade e diversidade dentro do sistema CAU. Formulado coletivamente pela Comissão Temporária de Raça, Etnia e Diversidade (CTRED), comissões e grupos temáticos que tratam dos temas nos CAU/UF.

 

ACESSE A CARTA PELA EQUIDADE E DIVERSIDADE.

 

Assim, a partir de hoje, para celebrar o Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista e desenvolver o 2º eixo da política (equidade na história da Arquitetura e Urbanismo), o CAU Brasil traz algumas histórias de arquitetas com grande importância na Arquitetura do país e que tiveram suas obras e vidas pesquisadas como objeto de teses em cursos de Arquitetura.

O material produzido tem curadoria de Ana Laterza, arquiteta, urbanista, assessora do Gabinete da Presidência e nova titular da Ouvidoria do CAU Brasil, com coordenação da Comissão Temporária de Raça, Equidade e Diversidade (CTRED). Assim, a partir de hoje, para celebrar o Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista e desenvolver o 2º eixo da política (equidade na história da Arquitetura e Urbanismo), o CAU Brasil traz algumas histórias de arquitetas com grande importância na Arquitetura do país e que tiveram suas obras e vidas pesquisadas como objeto de teses em cursos de Arquitetura.

A curadoria não elimina a importância de outras arquitetas de grande relevância no cenário nacional e, ainda, internacional. O recorte para a homenagem nesse ano seguiu a linha das pesquisas desenvolvidas por algumas pesquisadoras. O CAU Brasil realizou uma série em homenagem ao Dia da Mulher que cita também outros nomes da Arquitetura e do Urbanismo. Saiba mais: Especial Dia da Mulher 2018.

 

Confira os conteúdos do Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista clicando nos links abaixo.

 

27/07: Lycia Conceição Alves (Bahia)

Pesquisadora: Telmi Adame.

 

27/07: Lygia Fernandes (Maranhão)

Pesquisadora: Clara Vasconcelos

 

27/07: Maria do Carmo Schwab (Espírito Santo)

Pesquisadora: Julia Meneguel

 

28/07: Edileusa da Rocha (Pernambuco) / Neide Mota de Azevedo (Pernambuco) e Alete Ramos (Alagoas)

Pesquisadora: Guilah Naslavsky

 

29/07: Mayumi Watanabe (Japão/São Paulo) e Philomena Miller (Minas Gerais)

Pesquisadora: Maribel Aliaga

 

30/07: Déa Paranhos (Rio de Janeiro)

Pesquisadora: Cinthia Serrano

Francisca Franco da Rocha (São Paulo)

Pesquisadora: Giovanna Augusto Merli

Fredja Schenkman (Fanny Schenkman) – São Paulo

 

31/07: Arinda Cruz (Rio de Janeiro)

Pesquisadora: Camila Belarmino

Fonte: CAU/BR

 

Uma resposta para “31 de Julho: Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista”

  1. Paul disse:

    Interessante esse tema realmente merece muita atenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.