Home » CAU/MG, Eventos, Notícias, Patrimonio » CAU/MG vai promover seminário de gestão do patrimônio cultural

CAU/MG vai promover seminário de gestão do patrimônio cultural

Primeira edição será realizada na cidade histórica mineira de São João del-Rei

gestão do patrimônio cultural

Evento acontece no histórico edifício do Teatro Municipal de São João del-Rei

Em Minas Gerais, é grande o número de bens culturais inventariados, especialmente pelos municípios, em razão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS de patrimônio cultural, que estimula esta forma de acautelamento. No entanto, há muitas dúvidas a respeito da elaboração e dos efeitos do inventário, resultando na desinformação e na ocorrência de equívocos que não garantem a preservação desses bens culturais. Muitos profissionais que atuam na área da gestão do patrimônio cultural buscam esclarecimentos.

É partindo desse gancho que o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais – CAU/MG, por meio de sua Comissão de Patrimônio Cultural – CPC-CAU/MG, vai promover a primeira edição do seminário que visa apresentar as formas de preservação e gestão de bens culturais inventariados e como geri-los.

Será um dia de palestras, debates e apresentações de casos sobre o patrimônio cultural inventariado, bem como apresentar o CAU/MG como um agente da preservação do patrimônio cultural de Minas Gerais, além de valorizar a arquitetura e o urbanismo. O evento será aberto a todos e as inscrições são gratuitas, com disponibilidade mediante lotação do espaço.

 

Apresente seu caso

Ao final do evento teremos um espaço para exposição de experiências vindas de outros municípios mineiros. Os interessados poderão apresentar estudos de casos sobre processos de inventário cultural.

Serão selecionados até 05 estudos de casos a serem apresentados no dia.  Cada apresentação terá um tempo de 3 minutos de fala.

Os interessados deverão encaminhar as informações abaixo e dúvidas para o e-mail cpc@caumg.gov.br.

  1. Nome do responsável pela apresentação e formação profissional
  2. Telefone de contato com DDD
  3. Cidade onde o caso aconteceu
  4. Síntese do caso 
  5. Imagem em PDF, caso considere necessário. Limitada a 4 imagens

Os casos selecionados para apresentação serão divulgados na segunda-feira, dia 09/03.

 

Serviço

gestão do patrimônio cultural

 

A Gestão de Bens Culturais Inventariados

Quando: 10 DE MARÇO, quinta-feira, 09h às 16h
Local: Teatro Municipal de São João del-Rei
Endereço: R. José Gômide, S/N – Centro, São João del-Rei/MG

 

Programação

  • 09h00 – Credenciamento
  • 09h30 – Mesa de abertura
  • 09h45 – Apresentação institucional CAU/MG – Marília Palhares Machado– Coordenadora da Comissão de Patrimônio Cultural CPC – CAU/MG. 
  • 10h15 – Palestra magna: Gestão de bens culturais inventariados em Minas Gerais – Dra. Giselle Ribeiro de Oliveira – Promotora de Justiça e Coordenadora da Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais. 
  • 11h00 – Início dos debates
  • 12h00 – Intervalo para almoço 
  • 14h00 – Painel: Elaboração de inventário de bens culturais e estudo de casos IEPHA – Luis Molinari – Gerente de Identificação e Pesquisa – GIP IEPHA/MG.
  • 15h30 – Debate final
  • 16h00 – Encerramento

 

Conheça os palestrantes

Giselle Ribeiro de Oliveira
Promotora de Justiça e Coordenadora das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais

Coordenadora Estadual das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico do Ministério Público de Minas Gerais, desde dezembro de 2016. Especialista em “Direito, Impacto e Recuperação Ambiental” pela Universidade Federal de Ouro Preto; especialista em “Direto Sanitário” pela Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais; especializanda em Direito Ambiental e Sustentabilidade pela Escola Superior de Ensino Dom Helder Câmara; doutoranda em “Ciências Jurídicas e Sociais” pela Universidad Del Museo Social Argentino. Mineira, de Belo Horizonte, formada pela Faculdade de Direito da UFMG. Ingressou no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) como promotora de justiça em dezembro de 2003. Atuou nas comarcas de Santa Maria do Suaçuí, Itabira, Guanhães, João Monlevade e Ribeirão das Neves.
 

Luis Gustavo Molinari Mundim
Gerente de Identificação e Pesquisa – GIP IEPHA

Pesquisador, gestor público e professor universitário. Doutorando em História Social da Cultura pela UFMG, mestre e graduado em história pela mesma instituição. Desde 2006, analista concursado do IEPHA/MG. Gerente de Patrimônio Imaterial de 2010 a 2017, e atualmente Gerente de Identificação e Pesquisa – GIP. Conselheiro no CONEP – Conselho Estadual de Patrimônio Cultural de 2015 a 2017. Pesquisador em História Social da Cultural, com ênfase em História do Brasil colonial; Cartografia histórica; América colonial; Escravidão negra e mestiçagens na iberoamérica, atuação na extensão universitária; ensino, produção de material didático. Experiência na execução, gestão e coordenação de diversos projetos do patrimônio cultural como: Inventários; registros; tombamentos; laudos, planos de salvaguarda; recuperação de bens desaparecidos, avaliação de projetos culturais, cursos de formação profissional e universitária. Nos últimos anos tem se dedicado a projetos de inventários participativos com a formação de gestores e treinamento de equipes para a identificação de bens culturais com uso de mapas de percepção. Além da organização e disponibilização de informações dos bens culturais de Minas Gerais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *