Home » CAU/BR, CAU/MG, Eventos, Notícias, Notícias Recentes, Transparência » CAU/BR e CAU/UF fazem balanço e planejam ações para os próximos 10 anos

CAU/BR e CAU/UF fazem balanço e planejam ações para os próximos 10 anos

Seminário da Comissão de Planejamento e Finanças 2022 abordou os resultados conquistados desde a criação do CAU

 

 

Presidentes, conselheiros e servidores do CAU Brasil e dos CAU/UF estão reunidos em Brasília para dar início ao processo de Planejamento Estratégico do CAU para os próximos dez anos. O Seminário da Comissão de Planejamento e Finanças do CAU Brasil 2022 abordou nesta quarta-feira, 17 de agosto, os resultados conquistados desde a instalação das 28 autarquias responsáveis pela regulamentação e fiscalização da Arquitetura e Urbanismo, em 2012.

Para a presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, as relações entre o Conselho Federal e os Conselhos dos Estados e do Distrito Federal estão mudando. “Nós somos um CAU único. Quem quiser participar desse movimento, nós estamos acolhendo e valorizando. A maioria das obras no país é feita sem assistência técnica. Para virarmos esse jogo, precisamos nos unir”, afirmou. “Vamos deixar um legado, com nossas ideias e divergências, mas com um caminho comum para melhorar a vida dos arquitetos e a vida da população brasileira. Essa é a nossa missão.”

A vice-presidente do CAU Brasil, Daniela Sarmento, é a coordenadora da Comissão de Planejamento e Finanças (CPFi). Ela ressaltou a importância da experiência prática de todos os presentes. “Esse processo de escuta mostra a importância de entender a diversidade do nosso país. Estamos no caminho dessa construção”, disse.

Como exemplo, a vice-presidente citou os novos descontos previstos para a Anuidade do CAU 2023, voltados a profissionais formados por programas de ações afirmativas e de financiamento estudantil, que tiveram filhos e que estejam investindo na sua formação profissional. “Nosso objetivo é promover a inclusão de quem não está conseguindo participar do CAU.”

 

BALANÇOS DOS 1O ANOS DO CAU

Na primeira atividade do Seminário, que segue até quinta-feira 18, o gerente de Planejamento do CAU Brasil, Gelson Benatti, apresentou dados de uma enquete feita com os participantes do evento. Foram apontadas as principais conquistas do CAU na última década: em primeiro lugar, a promoção da Assistência Técnica em Habitação de Interesse social (ATHIS), junto com a fiscalização promovida como vetor de valorização profissional e a descentralizacao das ações dos CAU/UF fora das capitais.

Na ocasião, os presidentes dos CAU/UF puderam manifestar sua visão sobre as prioridades para o planejamento estratégico do conjunto autárquico. O presidente do CAU/PB, Eduardo Nóbrega, disse vem apresentando propostas por meio da conselheira federal da Paraíba, Camila Leal, e dos fóruns adequados de participação, como o Fórum de Presidentes do CAU/UF.

 

Planejamento e Finanças 2022

Evento reuniu presidentes, conselheiros e servidores técnicos do CAU Brasil e dos CAU/UF

 

Os presidentes do CAU/MT, André Nohr, e do CAU/PI, Wellington Camarço, ressaltaram a importância de se definir indicadores nacionais para atividades de fiscalização. “Nenhuma outra instituição tem a função de fiscalizar o exercício profissional e defender a ética e disciplina dos arquitetos”, disse. “Por isso precisamos de clareza sobre qual é a informação, quais os indicadores da nossa eficiência para prestar contas à sociedade.”

 

NOVOS PROFISSIONAIS

Para a presidente do CAU/SC, Patricia Sarquis, o CAU da próxima década precisa promover a integração dos novos profissionais. “Muitos de nós viemos do tempo do outro conselho, agora temos uma instituição nossa. Temos que virar a chave do nosso funcionamento para acolher esses arquitetos que entraram no mercado depois da criação do CAU”, afirmou.

O presidente do CAU/TO, Silênio Camargo, ressaltou que a construção de um CAU único passa pelo entendimento das diferenças regionais e das condições de trabalho em cada localidade. “É preciso olhar para a diversidade do Brasil, com as peculiaridades que nos temos”, disse.

“Precisamos construir as nossas convergências”, afirmou o presidente do CAU/PA, José Akel. “É necessário de clareza de quais são os princípios e recursos mínimos para uma perspectiva de um CAU Unico”, disse, destacando a necessidade de diretrizes comuns de comunicação, para que os esforços de todos sejam direcionado num mesmo sentido.

O Seminário da Comissão de Planejamento e Finanças do CAU Brasil 2022 acontece até quinta-feira, 18 de agosto, com um encontro extra na segunda-feira, 22 de agosto, quando haverá a apresentação dos resultados dos dois primeiros dias de debate.

Fonte: CAU/BR

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.