Home » Conteúdo, Entidades, Notícias » Novembro Azul: Previna-se contra o câncer de Próstata

Novembro Azul: Previna-se contra o câncer de Próstata

Segundo o INCA – Instituto de Câncer, o câncer de próstata é o segundo que mais mata homens no Brasil.

câncer de Próstata

O Novembro Azul é o mês para a mobilização contra o câncer de próstata. O CAU/MG apoia a campanha e divulga a importância de homens de Minas Gerais e de todo o Brasil a cuidarem da sua saúde e irem ao médico periodicamente. A campanha acontece desde 2003 e tem o objetivo de conscientizar e mobilizar homens em todo o mundo sobre a importância da realização dos exames que previnem o agravamento da doença. 

O movimento ajuda também na problemática e preconceito com o exame de toque que é essencial para a identificação do câncer, além de enfatizar a importância dos homens cuidarem da sua saúde. 

Segundo o INCA – Instituto do Câncer, seguido do câncer de pele, o câncer de próstata é o que mais mata homens em todo o Brasil. Apesar disso, muitos homens por medo ou desconhecimento optam por não falar nesse assunto.

A próstata é um órgão masculino que tem forma de uma noz e fica logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Ele envolve a parte inicial da uretra, tubo pelo qual passa a urina. O surgimento do câncer acontece quando algumas células se desenvolvem e se multiplicam de forma anormal, provocando o surgimento de um tumor no local.

 

Prevenção e diagnóstico

O câncer de próstata pode ser identificado na realização de dois específicos exames: dosagem de PSA, um exame de sangue que mede a quantidade do antígeno prostático, e o toque retal que permite o médico tocar a próstata e identificar se há nódulos (caroços) ou tecidos endurecidos (possível no estágio inicial da doença).

Apesar de poder ser verificado pelo exame de sangue, ele sozinho não é suficiente para identificar com certeza a presença da doença. Por isso, é extremamente necessário realizar o exame de toque. Só ele pode dar com precisão se existem nódulos ou tecidos endurecidos, que podem ser identificados no estágio inicial da doença. O toque retal é rápido e indolor, apesar de muitos homens terem uma enorme resistência em realizar ao exame. 

Vários mitos afastam homens da prevenção correta e os colocam em situação de risco e morte em um futuro no qual não se identifica a presença do tumor em seu estágio inicial. Um desses mitos é que esse tipo de câncer só acontece em pessoas idosas. 

É verdade que 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, por isso é considerado um “câncer de terceira idade”, mas isso não impede que jovens também sejam detectados com a doença. Por isso é importante estar sempre em dia com seus exames médicos gerais, sendo apenas recomendado o exame anual de toque a partir dos 50 anos e se o paciente têm casos de câncer na família, é recomendado iniciar os exames anuais aos 45 anos.

Os sintomas principais são:

  • Dificuldade de urinar
  • Diminuição do jato de urina
  • Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite
  • Sangue na urina

A prevenção consiste em manter hábitos saudáveis, como alimentação e exercícios físicos, não fumar (uma vez que aumenta a incidência tanto de câncer de próstata, tanto de pulmão), evitar o consumo de bebidas alcóolicas e estar exposto a determinados odores chamados “aminas aromáticas”, que são muito comuns em indústria química, produtos do petróleo, fuligem, motor de escape de veículo, arsênio (utilizado em agrotóxicos, por exemplo) e etc. 

Para se informar mais e entender melhor sobre o assunto, o INCA produziu uma cartilha didática com todas as informações que você precisa saber. 

CLIQUE AQUI E ACESSE A CARTILHA

 

Fontes: cancer.org; bvsms; INCA; saude.gov.br 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − cinco =