Home » CAU/MG, Eleições, Notícias, Plenaria » Plenário elege a nova presidente do CAU/MG para a gestão 2021-2023

Plenário elege a nova presidente do CAU/MG para a gestão 2021-2023

A arq. urb. Edwiges Leal foi escolhida por unanimidade para assumir a presidência do Conselho pelos próximos três anos. Na vice-presidência, o arq. urb. Ademir Nogueira assume a responsabilidade junto com a nova presidente

 

presidente CAU/MG gestão 2021

A arquiteta e urbanista Edwiges Leal, eleita como nova presidente do CAU/MG na Plenária do 11/01, atuou na gestão passada nas áreas de Exercício Profissional e Patrimônio Cultural.

 

Aconteceu nesta segunda-feira, dia 11 de janeiro, a primeira Reunião Plenária Extraordinária da nova gestão do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais – CAU/MG. Na pauta, a ordem do dia eram as eleições para presidente e vice-presidente, além das coordenações e composições das Comissões Ordinárias e Especiais da autarquia. A sessão, realizada virtualmente, iniciou com a escolha da nova presidência, sendo a arquiteta e urbanista Edwiges Leal a eleita pelos 22 Conselheiros Estaduais presentes como presidente do Conselho pelos próximos três anos. Na vice-presidência, quem assume é o arquiteto e urbanista Ademir Nogueira, que atuou nas Comissões de Exercício Profissional e Patrimônio Cultural juntamente com Edwiges Leal na gestão passada. 

 

Convergência, aproximação e fiscalização

Em sua fala durante a Plenária, Edwiges relembra os debates do período eleitoral quando apresentou a proposta de convergir pontos de todos os planos de ação das chapas que concorreram em uma pauta só, de modo que a gestão que agora está à frente do CAU/MG possa atender aos anseios da profissão e da classe em seus diferentes níveis. Tendo atuado na Comissão de Exercício Profissional na gestão anterior, a presidente também ressalta a importância da relação entre sociedade, estudantes e profissionais com o Conselho, enquanto órgão regulador e fiscalizatório, a fim de garantir uma arquitetura e urbanismo de qualidade em Minas Gerais. No que diz respeito à fiscalização em si, que foi destaque em 2020, o objetivo é aprimorar as ações e resultados cada vez mais.

Outro item abordado por Edwiges foi a importância do relacionamento institucional entre o CAU/MG e as administrações públicas, visando convênios junto aos órgãos e defesa dos interesses e direitos dos arquitetos nas instituições legislativas, executivas e administrativas de todos os municípios mineiros, trabalho esse desafiador, visto a extensão do estado. E tão importante quanto é o relacionamento com os próprios profissionais, utilizando de uma comunicação efetiva, trabalhar plataformas interativas e reativar a ouvidoria, a fim de atingir também aqueles que estão distantes do Conselho

A presidente coloca como palavras chave da nova gestão a diversidade (de gênero, racial, geracional, territorial, de atuação nas diversas áreas da Arquitetura e Urbanismo), compartilhamento de idéias e soluções, colaboração e troca de experiências em todo o estado. “Buscaremos a divulgação e valorização do projeto Arquitetônico e Urbanístico como ferramenta fundamental do planejamento urbano e ambiental, nas transformações necessárias nas cidades e na sociedade. A cultura do projeto como percurso para soluções mais equilibradas, mais inclusivas, justas e melhor qualidade de vida para toda a sociedade”, aponta Edwiges.

 

 

Conheça a nova presidente

Maria Edwiges Sobreira Leal  formou-se em arquitetura e urbanismo pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, em 1984. Especializou-se em projetos de restauro ainda na década de 80, tendo como trabalho referencial em sua carreira o Desenvolvimento do Projeto Executivo, Detalhamento, Supervisão técnica e Direção de Obra de Restauro do Edifício incendiado do Caraça, residindo no Colégio nos anos de 1989 e 1990. Foi membro do Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte – CDPCM-BH até julho de 2017, do Conselho Consultivo para aprovação de Projetos na SMARU-PBH – Secretaria Municipal de Regulação Urbana até dezembro de 2016. É sócia diretora da Beggiato e Leal – B&L Escritório de Arquitetura Ltda, desde 1990, trabalhando com projetos urbanos, comerciais, institucionais e residenciais, e elaboração de Dossiês de Tombamento e Registros Documentais.

Recebeu o Prêmio Gentileza Urbana do IAB – Instituto de Arquitetos do Brasil, pelo projeto de revitalização da Praça da Estação. Em Belo Horizonte, coordenou os projetos de dois Parques Urbanos: Nossa Senhora da Piedade e o Parque 1º de Maio, pelo programa de Drenagens Urbanas – Nascentes. O parque Nossa Senhora da Piedade recebeu, em 2010, o Prêmio Cidade Jardim pela Secretaria de Meio Ambiente – PBH. Recentemente foram concluídos a requalificação da Praça da Savassi, e o BRT central (projetos Urbanístico e das Estações – Av Paraná e Santos Dumont) em Belo Horizonte. Participou do Estudo de Impacto Paisagístico das Antenas de Transmissão no topo da Serra do Curral e da elaboração de diretrizes e proposta de redução dos impactos para o IPHAN. É responsável pela Curadoria e elaboração de Diretrizes para o Evento anual CasaCor Minas Gerais desde 2000, nos anos em que o evento ocorre em bem tombado. Foi Conselheira Titular do CAU/MG na gestão 2017-2020, tendo atuado e coordenado na Comissão de Exercício Profissional – CEP-CAU/MG/MG e na Comissão Especial do Patrimônio Cultural – CPC-CAU/MG. É membro do Conselho Superior (Suplente) do IAB/MG – Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de Minas Gerais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *