Home » CAU/BR, Entidades, Notícias, Urbanismo » CAU/BR firma acordo de cooperação com ONU-Habitat para difusão da Nova Agenda Urbana

CAU/BR firma acordo de cooperação com ONU-Habitat para difusão da Nova Agenda Urbana

Assinatura será durante do Fórum Internacional promovido pelo CAU/PE

O representante da ONU-Habitat para a América Latina e Caribe, Alain Grimard, e o presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro, assinam acordo de cooperação técnica para difusão da Nova Agenda Urbana. A cerimônia será realizada na abertura do Fórum Internacional HOJE Implementando Cidades Sustentáveis, que acontece de terça (25) a quinta (27), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

O Fórum Hoje reúne gestores públicos, arquitetos, urbanistas e representantes de diversas entidades, para discutir os desafios da Nova Agenda. O evento é promovido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (CAU/PE), em conjunto com o 4º Congresso Pernambucano de Municípios, da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

Sob o tema “A cidade que precisamos”, terá na conferência de abertura, na terça-feira (25) à tarde, o colombiano Gustavo Restreppo, um dos responsáveis pelo projeto de transformação urbana de Medellín.

Durante os três dias serão realizadas palestras, mesas-redondas, painéis e outras atividades. A solenidade oficial de abertura, no Teatro Guararapes, acontece às 9h da terça-feira (25), com a presença de Haroldo Pinheiro.

À tarde, a partir das 14h, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, abordará os “Os Desafios da Gestão Municipal no Contexto Nacional”. Em seguida, às 15h30, o presidente do CAU/PE, Roberto Montezuma fala sobre também sobre os desafios da Nova Agenda Urbana para gestores públicos, arquitetos e urbanistas, entidades e cidadãos.  A palestra magna do urbanista colombiano Gustavo Restrepo, um dos responsáveis pela revolução urbana na cidade de Medellín, começa às 16h.

Cidade que precisamos

Na terça (26.7), a programação segue durante todo o dia, em duas salas simultaneamente, além das palestras do 4º Congresso Pernambucano dos Municípios.  Pela manhã, na sala A, apresentações sobre Cidade Parque, focando na reconciliação da natureza com o espaço público; e Cidades Resilientes, com planejamento voltado a responder mudanças climáticas. Já na sala B, uma mesa-redonda dará conta do universo das Cidades Criativas, onde cultura local e inovação são elementos estratégicos para o desenvolvimento urbano e humano sustentável, com convidadas como as arquitetas e urbanistas Adriana Porto, Cátia Avellar, Sandra Brandão e Roberta Borsoi.

Durante a tarde, a sala “A” explora as Metrópoles e Cidades Interligadas, assunto que interage com o processo de construção de visão de futuro exposto na palestra sobre Cidades Planejadas. Quem preferir a sala “B” vai aprender mais sobre Cidades Acessíveis, com foco na política habitacional como estratégia de desenvolvimento urbano sustentável. A palestra dialoga com as Cidades inclusivas, tratadas pelo diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF), Gilson Paranhos, que discute financiamento de assistência técnica para promover acesso à moradia.

O Fórum continua na quinta-feira (27), com a apresentação das Boas Práticas Urbanas selecionadas pela chamada pública do CAU/PE, às 9h. “O reconhecimento a essas iniciativas é uma forma de mostrar que a transformação urbana já começou”, explica o presidente do CAU/PE, Roberto Montezuma. Já pela Amupe, às 10h30, acontece palestra sobre a municipalização dos Serviços Públicos Estratégicos: Iluminação e Saneamento, encerrando os eventos. Mais informações sobre o evento estão disponíveis no site www.hojecidadessustentaveis.com.br

Pensadores urbanos

“A cidade é o chão de todo o desenvolvimento. Por isso pensar numa cidade sustentável é, antes de tudo, refletir sobre seu território, um complexo palco de conflitos que demandam uma visão sistêmica de longo prazo para serem equacionados”, afirma o presidente do CAU/PE, Roberto Montezuma. “Reunir pensadores urbanos com o poder executivo de cada cidade pernambucana é um passo estratégico para que possamos difundir a importância de projetos sob medida para tirar do papel as cidades que precisamos”, concluiu.

O Fórum Internacional HOJE Implementando Cidades Sustentáveis terá ainda outras duas etapas ao longo do ano. Nos dias 23 e 24 de agosto de 2017, na sede do INCITI/ UFPE, Rua do Bom Jesus 191, Recife, pesquisadores da Rede de Centros de Estudos em Desenvolvimento Urbano Sustentável na América Latina e Caribe (Redeus_LAC) irão se debruçar sobre os debates ocorridos na primeira etapa, traçando paralelos com estudos acadêmicos em curso em países como Chile, Argentina e México. A ideia é consolidar todos os conteúdos em diretrizes para a implantação da Nova Agenda Urbana.

Já para o segundo semestre, estão previstas três edições do Urban Thinkers Campus nas cidades de Belo Jardim (9 a 11 de setembro), Petrolina (25 a 27 de outubro) e Recife (22 a 24 de novembro), sob o tema Águas Urbanas pela Resiliência Social e Ambiental. O objetivo da ação idealizada pela ONU e realizada no Estado pelo CAU/PE e pelo INCITI/UFPE é trazer à luz diferentes possibilidades para ações locais que visem a resiliência relacionada à água em diferentes contextos urbanos, sociais e hídricos do território pernambucano.

Via CAU/BR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *